Oscar 2011

Ensaiar previsões sobre o Oscar nunca foi algo que realmente me inquietasse. Talvez pela overdose da cobertura da mídia, pelo glamour pra lá de fake, pelas apostas e expectativas de uma festa que curte repetir-se, o Oscar sempre me cansava. Em meio a esse turbilhão de palpites, creio que qualquer comentário já soa um pouco manjado e muitas vezes se diferencia dos outros apenas em detalhes, vírgulas e casas decimais. Preferia analisar um filme ou outro, isoladamente, que atentar ao sentido cinematográfico do Oscar. Aliás, creio que nos últimos anos tivemos poucas surpresas propriamente de linguagem.

O Oscar continua uma festa típica do estilo clássico hollywoodiano, que consolidou-se nos anos quarenta, com poucas variações, poucas apostas em novidades narrativas. Mesmo os irmãos Coen, que já arrebataram o prêmio maior com o vibrante No Country for Old Men, mostraram-se mais conformados, voltando-se para os trejeitos narrativos bem padronizados. É nesse sentido que decepciona um pouco ver um diretor como Daren Aronofsky fazendo um bom filme, como Cisne Negro, mas que não chega aos pés de O Lutador. Nem mesmo O discurso do Rei, ou A Rede Social, que talvez arrancarão os principais prêmios, são filmes de tirar o fôlego. Hoje, o Oscar parece uma festa requentada…. .Uma festa da indústria que ainda não soube como vincular o melhor da narrativa com a efervescência contemporânea da indústria audiovisual.

Farei aqui uma aposta mista. Ora em películas que mereceriam o prêmio, ora tentando compreender a cabeça da academia. Amanhã confrontaremos os resultados.

Melhor Filme:

O discurso do rei

Melhor Diretor:

Darren Aronofsky

Melhor Ator:

Colin Firth, O Discurso do Rei.

Melhor Atriz:

Natalie Portman, Cisne Negro

Melhor Ator Coadjuvante:

Geoffrey Rush, O discurso do Rei

Melhor Atriz Coadjuvante:

Helena Bonham Carter, O discurso do Rei

Melhor Roteiro Original:

A Origem

Melhor Roteiro Adaptado:

Toy Sotry 3

Melhor Fotografia:

Bravura Indômita

Melhor Montagem:

O cisne negro

Melhor Documentário:

Exit through the gift shop

Melhor Figurino:

Alice no país das maravilhas

Melhores Efeitos Visuais:

A Origem

Melhor Filme em Língua Estrangeira

Biutiful, Alejandro Iñarritu

Melhor Animação

Toy Story 3

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Hollywood, Oscar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s